Notícias

Os acontecimentos de 2016 no cenário de Dota.

Esse ano foi um ano cheio de acontecimentos no cenário de Dota internacional. Começando com os problemas no começo do ano com o Major de Shanghai, e chegando a um Major emocionante no final do ano. Tivemos times se superando, premiação do The Internacional aumentando, muitas polêmicas e grandes mudanças no jogo.

'James is an ass'.

Para começar vamos do Major de Shanghai.

O segundo evento de Majors realizado pela Valve foi caótico. Iniciando pelo evento em si que foi atolado de problemas: tivemos esperas intensas entre games com atraso nas partidas; as streams do evento estavam lagadas para os espectadores gerando uma comoção em massa nos canais da Twitch; ocorreram muitos problemas de áudio sendo frequente o som de algum analista/comentarista ficar mudo; faltava comida e água para a equipe da organização do evento, e equipamentos sumiram como o teclado do Ramzes666.

Os problemas foram tão caóticos e numerosos que no segundo dia de evento no final da fase de grupos a Valve tomou uma decisão inesperada de demitir o host do evento James "2GD" harding, e a KeyTV que era a compania responsável pela transmissão. E tudo foi anunciado pelo co-fundador da Valve, Gabe Newell, em um post no Reddit nos quais ele declarava "James é um cuzão, e nós não vamos trabalhar com ele de novo" - um anuncio que gerou muita discussão e diversos memes durante o ano.


Fear se aposenta.

Depois de 10 anos de Dota competitivo, Clinton "Fear" Loomis, um jogador que é muito admirado por diversos fãs ao redor do mundo decide se aposentar. A decisão foi realizada em agosto, na qual Fear anunciou falando que passaria a ser coach da Evil Geniuses. O jogador finalizou a sua carreira sendo considerado o melhor jogador de Dota das américas, e um dos melhores do mundo, e como ele mesmo publicou em seu Twitter: 'Legado.'

A polêmica da Secret: EE-sama vs Puppey.

Em outubro Jacky "EternalEnvy" Mao que tinha recém formulado sua nova equipe para a próxima temporada após o The International, acusou a sua ex-equipe Team Secret de atrasar pagamentos e cortar as premiações dos jogadores sem o consentimento deles. Somando a isso EE alegou que o capitão da equipe Clement "Puppey" Ivanov era verbalmente abusivo e se refusava a admitir os seus erros.

Tudo isso foi anunciado como uma grande postagem do EE, com muito texto e prints das conversas do jogador com Puppey e o dono da Secret, e com direito a um vídeo do jogador Puppey demonstrando um momento de raiva quebrando um monitor durante um treino com a antiga equipe.


O colapso dos grandes times chineses.

As grandes equipes chinesas estavam desempenhando bem durante o começo do ano, todas tinham grandes performances que não foram abaladas pelos eventos que ocorreram no Major de Shanghai.

Mas chegando no TI6, as equipes que tinham os melhores resultados até o momento: EHOME, CDEC Gaming e Vici Gaming, somando as classificadas LGD Gaming e Newbee, tiveram péssimos momentos. O que gerou um acontecimento totalmente inesperado, foi o primeiro TI que tivemos nenhuma dessas grandes equipes no Top 5, tivemos apenas 1 das equipes entre o Top 6, e todas outras ficaram além da 9ª posição.

Isso gerou uma série de problemas entre as organizações chinesas que decidiram mudar os seus contratos com os jogadores, resultado: uma dissolução em massa dos times chineses que foram aos poucos se montando novamente com o passar dos meses.

A ascensão de SirActionSlacks

Enquanto ele ficava criando conteúdo e fazendo algumas aparições em eventos nos anos passados, em 2016 ele apareceu como entrevistador do TI6, resultando na primeira vez que um fazedor de memes de Dota é chamado para compor o evento da Valve. Embora a decisão foi tida como controversa entre a comunidade, Jake "SirActionSlacks" Kanner conseguiu a sua admiração fazendo diversos segmentos e entrevistas que conseguiram unir Dota e comédia na medida certa.

O primeiro comeback com mega creeps em um grande evento presencial.

O primeiro jogo da EHOME contra a Evil Genuises na Upper Bracket do TI6 resultou em 75 minutos de partida mais fascinante que os fãs já devem ter vivenciado.

Depois do que pareceu uma batalha eterna a equipe chinesa EHOME conseguiu destruir a última barraca da EG resultando em Mega Creeps aos 71 minutos. A equipe americana, EG, precisava executar todas as ações perfeitamente para ter alguma esperança, e foi exatamente o que eles fizeram.


Os 'espartanos' da Ad Finem.

Se uma equipe veio para conquistar os fãs esse ano foi a Ad Finem. A equipe grega que se classificou para o Major de Boston após derrotar uma das favoritas, a Team Liquid, acabou conquistando um resultando surpreendente no evento.

Eles conquistaram uma legião de fãs pelas suas jogadas agressivas, por nunca desistirem e pela comemoração a cada vitória. Conseguiram derrotar as grandes equipes chinesas como Newbee e LGD.ForeverYoung e chegaram a derrotar umas das favoritas ao campeonato, a Digital Chaos, por 2-0 na semi-final. A torcida do estádio foi conquistada por esse time que era levantado pelo público mesmo quando perdiam. E foram derrotados de uma maneira épica na final do campeonato contra a equipe europeia OG, o que resultou em um jogo de final considerado um dos melhores dos últimos tempos, o jogo 3.


Dota 7.00

Para finalizar essas surpresa que tivemos agora no final do ano após a conclusão do Major de Boston. O que era para ser apenas o lançamento do novo herói, que já havia sido anunciado o Monkey King, acabou resultando numa update com uma mudança drástica no jogo, que passou a ser popularmente chamado de 'Dota 3'.

Comentários

É necessário estar logado para enviar comentários!